314422 836376 836376 245057 314422
 
  • jorgecaixote

Faz oito anos que cortaram as palmeiras da Avenida Sá da Bandeira (The death of palm trees)


Luta contra o Rhynchophorus ferrugineus. Pouco tempo decorreu até quase toda a orla costeira do país se assinalar com a presença do escaravelho da palmeira, surgindo em 2010 as primeiras perdas de exemplares em Vila Nova de Gaia entrando mesmo, pouco tempo depois, em áreas privadas da cidade do Porto. Face à sua nocividade, a União Europeia considerou esta praga de luta obrigatória, tendo aprovado a decisão 2007/365/CE, que estabeleceu medidas de emergência contra a introdução e propagação de R. ferrugineus na comunidade. Fight against Rhynchophorus ferrugineus. A short time elapsed until almost the entire coastline of the country was marked by the presence of the palm beetle, in 2010 the first losses of specimens appeared in Vila Nova de Gaia and even shortly afterwards entered private areas of the city of Porto. In view of its harmfulness, the European Union considered this pest to be mandatory, having approved decision 2007/365 / EC, which established emergency measures against the introduction and spread of R. ferrugineus in the community.

O escaravelho-vermelho (Rhynchophorus ferrugineus) é um gorgulho. É relativamente grande, entre dois e cinco centímetros de comprimento, e tem uma cor vermelho-ferrugem. Suas larvas escavam buracos de até um metro de comprimento no estipe (o tipo do caule das palmeiras) das palmeiras, podendo matar a planta hospedeira. Como resultado, o besouro é uma importante praga das palmeiras – também é conhecido pelo nome de escaravelho das palmeiras – e seu controle tem se demonstrado bastante complicado.

Originário da Ásia tropical, o escaravelho vermelho se espalhou para a África e Europa, atingindo o Mediterrâneo em 1980.

O escaravelho normalmente infeta palmeiras com menos de doze anos. O adulto pode causar alguns danos ao alimentar-se, no entanto, é a larva que, ao escavar túneis pelo estipe da palmeira, provoca a morte da planta. A fêmea adulta põe aproximadamente 200 ovos nas zonas de crescimento da coroa da palmeira, na base das folhas novas ou noutras zonas lesionadas da planta.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O plano de outra entidade

Os inimigos da pátria, Álvaro Cunhal e Mário Soares conseguiram os seus intentos, o comunismo em Portugal. Os lugares de Estado ocupados por residentes desses partidos manipulam os dados, tornando fal

 
314422